theme por devolve-me, com base por nostalgia-surreal; detalhes de amar-gura, affectingyou e m-4-r-y; don't copy and don't remove this tag.
see the credits..
"A felicidade espera que a gente feche a porta e tranque as janelas, pra resolver entrar."
“Só peço a você um favor,
se puder não me esqueça num canto qualquer.”
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 10,368 notes | reblog this post
(originally thaniaramos / via bawdy-guy)
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 5,544 notes | reblog this post
(originally poesilia / via tamanho-sentimento)
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 24,192 notes | reblog this post
(originally zoiodlula / via tamanho-sentimento)
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 48,349 notes | reblog this post
(originally suavizou / via paulaferfer)
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 13,303 notes | reblog this post
(originally ange-supposee / via nobroke)
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 25,118 notes | reblog this post
(originally a-f-r-a-i-d / via areszen)
Por Deus, como eu te amo! Por tudo o que você é, por tudo o que foi e será comigo. Quem tiver talento já pode escrever um livro sobre nós. Esse amor merece ser escrito, lido, relido, publicado e sentido. Merecemos só pelo fato de darmos certo, da gente ser certo, da gente durar. Vejo em nós um pra sempre que todos os casais procuram e, por sorte, encontramos um no outro.
October, 1808.  (via nobroke)
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 3,165 notes | reblog this post
(originally citografou / via nobroke)
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 5,239 notes | reblog this post
(originally medusadosmares / via nobroke)
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 34,173 notes | reblog this post
(originally undercall / via querido--john)
Posted 17 August 2014, 5 days ago | 4,170 notes | reblog this post
(originally undercall / via querido--john)
“Lembranças abraçam o coração, muitas vezes com a intenção de machucá-lo. Elas são presentes que recebemos sem pedir, em dias inesperados, com data marcada. Não é apenas só mais uma lembrancinha, é o que fica do que não ficou, é o que importa. As que tentamos nos livrar são justamente as que mais duram. Elas ficam pra lembrar, pra ter saudade, pra dar sorrisos pensativos. Ficam pra fazer chorar, pra ter mais saudade, pra lembrar de não ouvir aquela música que toca mesmo sem apertarmos o play, na nossa mente.” — Mário Dias.














page 1 of 706 »